terça-feira, 12 de novembro de 2013

Sei lá quantos lugares visitados (por mim) antes de morrer. :D

Como minhas férias estão meio tediosas – por vários motivos - resolvi escrever pra ver se me animo mais.

Gosto de ver programas de viagens, pois sempre dão dicas legais, mas muitas vezes me deixam deprê também.

Ontem, a tv estava ligada em um desses canais depressivos, leia-se TLC, e começou o programa 1000 lugares para conhecer antes de morrer, que é baseado no livro de mesmo nome.

Já tive vontade de comprar este livro, mas fico pensando: “Vou comprar isto, ler e não viajar, já que sou uma simples assalariada”. E daí desisto de comprar o livro. Rsrs

O programa começou muito bem: “Fulano e Fulana largaram suas vidas no Colorado e patrocinados pela empresa xxx deram início a sua jornada”.

Beleza!! – eu pensei. Agora tentem fazer isto tendo que trabalhar 365 dias para ter direito a 30 dias de férias e ganhando em real. DU-VI-DO!!!

Virei pra minha mãe e falei que com patrocínio até eu faria isso (oh, se faria!!), mas depois pensei melhor e vi que já conheço 1000 lugares. Alguém duvida?? Vamos à contagem!!

1.       Rio de Janeiro
2.       Petrópolis
3.       Teresópolis
4.       Itaipava
5.       Paraty
6.       Angra dos Reis
7.       Muriqui
8.       Campos
9.       São João da Barra
10.   Paquetá
11.   Caxias
12.   Xerém
13.   São João de Meriti
14.   Visconde de Mauá
15.   Mangaratiba
16.   Seropédica
17.   Itaguaí
18.   Maringá
19.   Maromba
20.   Vitória
21.   Vila Velha
22.   Domingos Martins
23.   Natal
24.   Recife
25.   Aracaju
26.   Cabedelo
27.   João Pessoa
28.   Aquiraz
29.   Beberibe
30.   Canoa Quebrada
31.   Fortaleza
32.   Bananal
33.   Nova Friburgo
34.   Miguel pereira
35.   São Paulo
36.   Campinas
37.   Aparecida do Norte
38.   Serra Negra
39.   Campo do Jordão
40.   Valinhos
41.   Holambra
42.   Americana
43.   Sumaré
44.   Águas de Lindóia
45.   Limeira
46.   Hortolândia
47.   Foz do Iguaçu
48.   Florianópolis
49.   Balneário Camboriú
50.   Porto Alegre
51.   Bento Gonçalves
52.   Canela
53.   Gramado
54.   Garibaldi
55.   Belo Horizonte
56.   Poços de Caldas
57.   São Lourenço
58.   Caxambu
59.   Juiz de Fora
60.   Pouso Alegre
61.   Uberlândia
62.   Miami
63.   Orlando
64.   São Francisco
65.   Emeryville
66.   Hollywood
67.   Los Angeles
68.   Santa Monica
69.   Nova Iorque
70.   Londres
71.   Lincolnshire
72.   Santiago
73.   Viña del mar
74.   Valle Nevado
75.   Reñaca
76.   Valparaíso

Haja lugar pra visitar... hahaahahaaha
Será que vai dar pra completar a lista???

domingo, 25 de agosto de 2013

Soneto de Fidelidade

Vinicius de Moraes

De tudo ao meu amor serei atento
Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
Que mesmo em face do maior encanto
Dele se encante mais meu pensamento.

Quero vivê-lo em cada vão momento
E em seu louvor hei de espalhar meu canto
E rir meu riso e derramar meu pranto
Ao seu pesar ou seu contentamento

E assim, quando mais tarde me procure
Quem sabe a morte, angústia de quem vive
Quem sabe a solidão, fim de quem ama

Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.



Vinicius de Moraes, "Antologia Poética", Editora do Autor, Rio de Janeiro, 1960, pág. 96.

domingo, 18 de agosto de 2013

Seja você mesmo

Muitas pessoas passam suas vidas atrás da perfeição acreditando que assim serão felizes. Outras buscam sua felicidade através do acúmulo de bens e riquezas.
Quem está certo? Aquele que de fato for feliz.
 
Pessoas tímidas como eu, possuem uma autoestima baixa em alguns âmbitos, e claro que basta um palavra pro que resta da autoestima ir embora.
 
Desde a infância sou alvo de críticas, ou bullying como chamam agora. Ora por ser negra ou por ter o cabelo crespo ou por não ser magra...
 
Sim, às vezes incomoda, mas quem fala não está nem aí se você tem ou não sentimentos.
 
Nunca vi nada errado em mim, mas precisava me enturmar em algum momento.
 
Cedi em algumas, ignorei outras e assim sigo meus dias.
 
Nos últimos anos ouvi perguntas como "não vai mais fazer o cabelo?" ou "porque não diminui os seios?". E quando respondo, sou grossa.
 
 Demorei a ter consciência de que as pessoas não pagam minhas contas, logo, não têm o mínimo direito de se intrometer.
 
Claro que não se pode generalizar, pois tem os que gostam de você pelo que você é e não se você faz progressiva e usa roupas caras.
 
Meu maior orgulho?
Conseguir fazer um lista de desejos realizados.
 
Em cinco anos, realizei minhas maiores loucuras e sou mais feliz do que possam imaginar.
 
Comprei um carro zero, um apartamento, fui à 14 cidades em 4 países.
 
Vi em evento fechado aos fãs, duas das bandas que curto, uma delas em três cidades diferentes.
 
Perdi um suposto amigo, mas ganhei minha Family (dia 14/9 tá chegando gentem).
 
Amigos foram pra outros estados, outros ficaram mais próximos.
 
Só falta agora, comemorar o aniversário de 60 anos da minha mãe e mais nada.
 
Tenho Deus, amor, família, amigos e saúde, não falta nada.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Keep Calm and Don't Runaway

AVISO: Este é um post nervoso!!

Vou te dizer, tá brabíssimo manter esta dieta. Disposição ZERO!
Acho que se não fosse a empolgação da minha mãe e o apoio moral dos amigos, já teria desistido na primeira semana.

Alguém tem noção do quanto eu desejo um pão francês quentinho, pra comer tomando um cafezinho???
Sinto muuuuuuita falta!! Sdds querido pãozinho, espero tê-lo na mesa em breve!!


E os dias de PP?!?!?
PQP!!! Só carne!!


Sim, amigos, estou num momento tenso!!

TPM? Que nada!! É TDD – Tô de dieta!!
HAHAHAHAHHAHHAHAHAHA

Mas vamos ao que mais interessa.

Domingo sai da dieta. \o/

Fui almoçar fora com minha mãe e adivinhem o prato? Picanha na tábua com farofa de ovo, fritas e arroz.
Rá!! Alguém acha que eu ia ficar só na picanhazinha, mas nem em pensamento!!!

Cometi mais algum delito desde o último post?? Hummmmmmmmmm


Claro, que sim!!
Comi chocolate e tava tão bom... hehehehe.


Sou totalmente assumida e cara-de-pau!! Culpa zero!!

Mas então, na segunda, dia oficial de (re) iniciar a dieta.. kakakakakaka

E lá fui eu para mais um dia de prato só com carnes.

Gente é sério, nunca fiquei tão chateada pôr não poder por nem um matinho no prato. L

Esta é a quarta semana e quanto emagreci? 0,8 Kg desde que recomecei este ano.

Se contar a parte de 2012, emagreci um total de 6,7 kg em 18 meses (quase nada, né?).

Meu app no telefone diz que estou 4,8 kg atrás do objetivo e que faltam 74 dias para eu atingir a meta.

Qual é a meta?
Chegar aos 74 kg até 22/09/13. Será que consigo?


Vou confessar algo para vocês: não ligo para peso, mesmo hoje estando no nível Obesidade I no IMC. Queria mesmo era perder a pochetinha (aquela gordura em forma de pança que fica logo abaixo do umbigo), pois de resto AMO meu corpo, minhas coxas grossas, meus seios fartos, mas a pochete me incomoda profundamente, a ponto de que pouquíssimas pessoas me veem de blusa curta ou roupa muito justa.

Mas vamos lá!!

Tenho colaboração no trabalho, já que tem mais uma pessoa seguindo a dieta e de um amigo que “marca” em cima para que como ele mesmo diz “não haja nenhum acidente no caminho”.

Bjoks! 

sábado, 29 de junho de 2013

Dieta Dukan - Cadê os doces?

Fazer dieta dukan não é nada fácil, pois ela é altamente restritiva; por outro lado, é uma dieta gostosa (eu AMO carne), já pensou em ir a uma churrascaria enquanto tá de dieta? Eu vou!!

O problema tem sido as tais festas juninas, que só possuem guloseimas altamente calóricas.

No sexto dia do ataque, lá fui eu para uma festa junina. Resultado? Engordei meio quilo, e isso porque comi 4 paçocas, 4 coxinhas, 5 kaftas e 4 copos de guaraná diet. Só não engordei mais porque a manhã toda foi de jejum devido a um exame médico.

Os primeiros dias foi bem complicado, senti muita fraqueza, tonturas, sonolência, mas fiquei firme e tive o apoio da minha mãe para perseverar.

A segunda semana também foi complicada, pois bateu uma vontade louca de comer pão e tomar milk-shake. Eu adoro sorvete, mas não sou de tomar muito milk-shake.

Andei comendo uns pãezinhos integrais, me sinto altamente culpada, pois isso diminui a perda de peso.

Comecei a dieta no dia 17/06, doze dias depois, foram eliminados 1,2 kg. Poderia ser mais? Sim, poderia, mas tá ótimo!!

Tenho emagrecido em média 200g por dia e segundo meu app no celular, estou meio atrasada, mas e daí? O importante é estar emagrecendo e estar feliz.

Esta semana descobri vários sites de receitas e pessoas que se apoiam para dar conta de finalizar o programa (não vou mais chamar de dieta, isso faz sofrer.. rsrrsrs), o que é muito legal e importante, e é até mesmo por isso que escrevo aqui, pois recebo a força dos amigos para conseguir seguir em frente.

Agora o problema, cadê os doces????????

Socorro!! Quero um docinho, um chocolate, um pão, um sorvete, qq coisa ... Sim, momento desespero!!

Hora de confessar a culpa: comi docinhos!!! Até a empresa colaborou, dando uma sacolinha junina, onde comi pingo de leite, amendoim e paçoca . Shame on me!!


O melhor? Rá!! Não engordei, mas também não emagreci!

Hoje foi dia PP (proteína pura), mas senti aquela vontade do doce, fui então recorrer aos sites que vi durante a semana, e achei váááários docinhos. \o/

Resolvi testar o Bolo Fofo Dukan, claro que com algumas alterações, já que a chata que vos escreve, não come queijos.

Apesar de ter algumas críticas nos comentários do site onde tá a receita, o meu ficou maravilho, super fofinho e delicioso..

Pus um potinho de 100g de iogurte grego light no lugar do cream cheese e no lugar do adoçante usei açúcar união fit (light). O óleo é complicado de medir, pus um fio. Pus só dois ovos inteiros (tenho tendência a ter colesterol alto, então é bom não abusar, já comi ovos esta semana).

Dividi a receita e aromatizei uma parte com baunilha e outra com cacau (sou chocólatra).


Se forem testar a receita, ela fica super mole, dá a impressão que irá dar errado; ao incorporar as claras, pois se não forem bem misturadas, o bolo ficará oco onde tiver pedaços de clara.

Pus em forminhas de cupcake, pois assim fica a medida certinha, e me engano dizendo a mim mesma que estou comendo UM BOLO.

Se deu certo? SIIIIIIIMMMMMM!! To com docinho na boca, e isso me deixa feliz.

Cai bem com um cafézinho, bebida permitida no programa.  :D

Hora da janta!! Menu? Kibe assado e seitan (macarrão de arroz).

De volta a Dukan


A primeira vez que segui o método Dukan foi em 23/01/2012, na época, cheguei até a fase cruzeiro, mas durante a páscoa eu comecei a sair da dieta e nunca mais volte.
Fui de 103,1 kg à 91,2 kg em aproximadamente quatro meses. A meta? 72 kg!
Aos 17 de junho de 2013, reiniciei a dieta Dukan e espero seguir decentemente desta vez!!
Vamos ao drama, digo detalhamento da dieta.

Peso: 98 Kg
IMC: 33,9
Altura: 1,70 m
Cintura: 116 cm



A dieta dukan é composta por 04 Fases: Ataque, Cruzeiro, Consolidação e Estabilização.

Para perder peso:

1ª Fase: Ataque: provoca perda de peso rápida e fulminante
- De 2 a 7 dias de duração
- De 1 kg a 5 kg perdidos
- 20 minutos de caminhada por dia
- 1,5 c. de sopa de farelo de aveia/dia

2ª Fase: Cruzeiro: perda de peso constante e moderada
- Até a obtenção do peso ideal
- -1 kg por semana (média)
- 30 minutos de caminhada por dia
- 2 c. de sopa de farelo de aveia/dia

Para conservar o tempo perdido:

3ª Fase: Consolidação: Ao final da fase de Cruzeiro, que termina na obtenção do Peso Ideal, inicia-se a fase de Consolidação do peso perdido.
- 10 dias por peso perdido. Por ex.: 10 kg = 100 dias; 5 kg = 50 dias, e assim sucessivamente.
- Introdução de carboidratos e lipídeos, de maneira controlada/moderada.
- 25 minutos de caminhada por dia
- 2,5 c. de sopa de farelo de aveia/dia

4ª Fase: Estabilização: Fim da dieta do ponto de vista alimentar. Todavia, há 3 regras a serem seguidas pelo resto da vida, afim de estabilizar o peso.
- 1 dia fixo de proteína por semana
- 3 c. de sopa de farelo de aveia/dia
- 20 minutos de caminhada por dia


Comecei bem, na segunda-feira que era para ser o primeiro dia, mal cheguei ao trabalho e ganhei um pedaço de bolo de chocolate (meu favorito). Ó vida cruel!!
O bolo estava maravilhoso, ou seja, lá se foi a dieta...
Para melhorar a situação, tive que jantar fora (comida além das proteínas) e no dia seguinte pão.
Beleza, perdi um dia na batalha, mas não a guerra!
Terça-feira, hora de recomeçar (again!).
Comecei novamente toda errada. Comi pão de manhã, e tomei um copo de suco de uva à noite. Resultado? Ganhei 300 gramas.
Hoje era para ser o terceiro dia da dieta, mas na verdade é o primeiro que tenho chance de começar decentemente e seguir à risca as recomendações do Dr. Pierre. Será que consigo.

Peso: 97,6 Kg
IMC: 33,8
Altura: 1,70 m

domingo, 12 de maio de 2013

Surpresa de dia das mães


O título foi usado a semana toda como justificativa para as comprinhas que fazia.. kkkk

Fiquei dias pensado o que compraria para minha mãe e chegue ia ideia de dar uma cesta de café da manhã, pois já tinha dado o relógio, camisa e um livro, ou seja, não restava mais nada para dar no domingo.

A cesta seria perfeito, então comecei a procurar.

Achei vários sites - um mais caro que o outro - decidi então comprar tudo e montar. Mais peraí, euzinha montar uma cesta.. Tá bom!! Até parece que levo jeito para isso.

Pedi então para uma colega de trabalho para fazer e ela concordou. Saí então para comprar os trecos. Foi então que me dei conta de que a maior parte das coisas que vem na cesta, minha mãe não gosta.

Pense rápido Rafaela... Fiquei caminhando pela Nossa Sra de Copacabana e entrei em um mercado e pensei em montar uma cesta de queijos e vinhos; bem, não saiu isso, mas ela gostou.. rs

Sempre que chegava com sacolas, ela perguntava e eu respondia que era pra minha surpresa de mães.. kkkkkk.

Véspera do dia das mães, hora de montar tudo - com muito cuidado para não acordá-la, claro!!

Acho que ficou legal, mas o mais importante foi que ela gostou e ficou feliz!!

Então um filminho básico pra vocês verem como foi o dia das mães por aqui!!

Aproveito para deixar um FELIZ DIA DAS MÃES para todas leitoras que são mães e claro, para a mãe de todos os leitores.


sábado, 4 de maio de 2013

Recomeçar

Recomeça....
Se puderes
Sem angústia
E sem pressa.
E os passos que deres,
Nesse caminho duro
Do futuro
Dá-os em liberdade.
Enquanto não alcances
Não descanses.
De nenhum fruto queiras só metade.

E, nunca saciado,
Vai colhendo ilusões sucessivas no pomar.
Sempre a sonhar e vendo
O logro da aventura.
És homem, não te esqueças!
Só é tua a loucura
Onde, com lucidez, te reconheças...

Miguel Torga

segunda-feira, 22 de abril de 2013

The Cheesecake Factory

Esse é dedicado aos amigos Ana Beatriz, Alexandre e Erick.

No penúltimo dia, logo após eu mandar um email para a Ana e Alexandre falando sobre a cheescake factory, Alexandre resolveu me zoar, falando que eu tinha que voltar na loja para provar um dos cheesecakes.

HAHAHAHAHAHAHA!! Até parece que eu faria isso!!!

Quem me conhece sabe que não como queijo, logo, como comer um bolo de queijo??? Eeeerrr, não, não rola!!

Mais por incrível que pareça, eu voltei!!

A ideia era só ir na loja, tirar umas fotos dos bolos e ir até o outro lado para comer um sanduba.

Tirei a foto, deu uma olhada no menu, que havia tudo quanto era tipo de cheesecake e algumas saladas.

As pequenas fatias
Olhei pra trás e vi que algumas pessoas estavam pedindo mesas, resolvi então ir até lá e ver se tinha algo que eu conseguisse comer.

Dei uma olhada rápida no outro menu e achei meu prato: pasta with meat sauce. Não poderia ter erro, certo?

Pedi uma mesa, a mocinha informou que eu teria que esperar cerca de uns dez minutos; não demorou nem cinco, mas tudo bem. rsrs

O rapaz chamou meu nome - nem acredito que alguém conseguiu pronunciar corretamente - e me levou até a mesa.

Logo depois, o rapaz deixou uma caneca de água e alguns minutos mais tarde voltou para tirar meu pedido.

Pedi a pasta, óbvio, e uma coca.

As canecas sutis
Eu ainda não sei se eu estava com muita fome, ou se o macarrão com carne moída estava bom demais. Vamos ficar com a segunda opção..  kkkkkk

Comi tudinho
Sim, o macarrão está sem o parmesão ralado em cima... hahahahaha... Quando pedi, falei que era alérgica e não poderia ter nada de queijo, e ele anotou tudinho, e nem fez cara feia como fazem aqui no Brasil.

O mocinho me alertou que todos os molhos contém pimenta e cogumelos, falei que não tinha problema, mas teve durante as garfadas. Deus, tinha muita pimenta..  kkkkkkkk

Enfim, comi e bebi muito, não consegui espaço para experimentar um dos bolos. Rá! Eles possuem uma pequenina lista de bolos normais, como chocolate e cenoura, por exemplo.

A experiência valeu a pena, a comida tava muito boa e o atendimento é perfeito, fora que em doze dias, esta foi a única refeição decente que tive; tá comi peixe com batata duas vezes no pier, uma comida chinesa horrorosa em santa monica, mas esta, foi a melhor.

Fica a dica!

O que ficou de fora dos outros posts

Acredito ter contado tudo ou quase tudo pelo que passei durante as duas semanas que estive na Califórnia: o sofrimento do aeroporto, as cidades de LA, San Francisco e Santa Monica, as viagens de ônibus e trem...

As fotos foram compartilhadas no picasa. Caso não tenham recebido o link, só comentar este post que mando por e-mail. :)

Estando de volta, começam as perguntas básicas com:  Gostou? Curtiu? Se divertiu? Voltaria?

Sim, gostei e também curti, mas não, não voltaria!

Passei por várias coisas nesta viagem, inclusive pela vontade de voltar logo pra casa. Já imaginaram o que é isso pra alguém que AMA viajar?

Costumam dizer que sou uma pessoa estranha, porque não gosto do usual, como NYC por exemplo. Mais tá aí, voltaria pra nova iorque, mas Califórnia 12 dias foram mais do que o suficiente.

O que aconteceu? Não, não escreverei, pois quero esquecer!!!

Mas para cada evento ruim, teve outro bom:

- o taxista que errou o caminho e zerou o taxímetro para me cobrar o justo;
- o jovem que buscou o telefone do albergue na internet e casal que me emprestou o celular;
- o taxista que me deu forças enquanto eu tava desesperada com medo de ter perdido meu ipad;
- meus amigos, que não me deixaram desistir da viagem, se colocaram à disposição para o que eu precisasse, na hora que fosse.
- E vocês leitores, que a cada postagem, sempre diziam que estavam rindo e se divertindo com minhas trapalhadas.

Obrigada a todos que leram e acompanharam novamente minhas aventuras!!!

Coitado do povo que recebe email automático... rsrsrsrs... Juro que estou terminando, só falta mais um post:  a The Cheesecake factory.

São Francisco - dia 6 \o/

Este post é sobre o dia 18/4/2013, então, vamos à uma pequena homenagem pra estag mais legal do mundo... hahahaha.

Bolo que comi pelo niver da Camila.. rs
Arrumei minhas coisas, e fiquei esperando a van, que chegou pontualmente no horário agendado.

E lá vamos nós rumo ao Rio de Janeiro. Vivaaaa!!

Mas era claro que nada seria tão simples, não é mesmo?!

O voo saiu às 14h15, conforme agendado, mas chegando em Houston, tive a infeliz surpresa, de ver que meu voo havia sido remarcado para às 22h15 - originalmente ele era às 21h25.

Liguei pra minha mãe para avisar que chegaria mais tarde do que havia informado, por conta do atraso do voo.

Catei então um wi-fi, para aproveitar a Netflix gringa (que é muito melhor do que a brasileira), vi uns episódios de Roswell e quando foi 22h, levantei para ir ao portão de embarque, tava achando estranho não terem chamado ninguém.

Claro que não chamaram, o voo foi remarcado para 22h59; sentei e foi assistir mais um episódio.

Lá para 22h30, comerçaram a chamar para embarcar... Sentei em meu lugarzinho e fiquei observando o quanto os carregadores tem cuidado com as malas, afinal, pra que usar as rodinhas da mala se podem arrastá-la para danificá-la?

23h10 - os comissários pedem desculpas pelo atraso, mais teriam de retirar as bagagens dos passageiros que não compareceram ao voo.

Como assim você despacha sua mala e não embarca?? Será que ficaram presos no TSA?

23h30 - finalmente decolamos. Tempo de voo? Pequenas DOZE horas!!

Como foi meu voo? Ótimo!! Assisti This is 40, Era do Gelo 4, Vizinhos imediatos de terceiro grau, escutei Emeli Sandé...

Só cheguei ao Brasil às 11h13, mais o tempo de passar na verificação de passaporte, free shop, pegar mala, saí do aeroporto às 11h45.

Rumo à minha casa, para comer a melhor comida do mundo, poderia estar mais feliz?

São francisco - dia 5

U-hhuuuuuuuu!!! Último diaaaaaaaaaa!!!

Já acordo feliz, pensando que só tenho hoje na cidade e amanhã vou embora. Tudo de bom.

Hoje era dia de comprar as últimas encomendas - Guilherme e Inez me fizeram ir longe pra chegar na Best Buy... kkkkkk... Ao menos para isso foi um ônibus só.

De volta ao albergue, mapa na mão, bora pra Union Square novamente, mas desta vez pra pegar o bonde (again), afinal, Camilinha perguntou se eu vi ladeira, então bora fotografar a ladeira mais famosa.

Destino? Lombard Street, the crookedest street in the world!!

O melhor bonde pra chegar lá é o da Hyde, mas peguei o Powell-Mason mesmo e desci no "pé" da lombard com a columbus.


Bora subir então!!



Chega a dar um desânimo no início, quando você se depara com o quanto tem que subir pra ver as benditas curvas.

Coit Tower vista da Lombard

Me and the crookedest street
Depois da subida vem é claro, a descida!!

E vamos rumo à uma das paradas do busão na Columbus, mas antes, uma paradinha na St Peter and St Paul Church.


Peguei um ônibus e fiz o trajeto novamente, afinal, não tava afim de muita coisa, só de que o dia passasse rápido para eu voltar pra casa. 

Monumento em homenagem aos sobreviventes do grande terremoto de 1906

Igreja onde Will Smith se abriga em À procura da felicidade
Tudo comprado, shuttle agendado, malas prontas, agora é só dormir. :)

São francisco - dia 4

Dia 4, here I go again!!

Saí e pra variar, esqueci o mapa. Nada demais, certo? Errado!! Afinal, eu tinha uma área a qual não poderia passar e as únicas ruas que lembrava, era a do albergue e Hyde.

Show!! Vamos assim mesmo!!

Descia Larkin e entrei na Eddy, tinha certeza de que por ali eu poderia transitar. Puro engano! A rua estava repleta de pessoas sem teto, um clima de gueto total.

Pus o meu melhor gingado negro americano para funcionar, ergui a cabeça e fui.

Acredito que deu certo, visto que só um cara me incomodou pedindo trinta centavos e outros passavam por mim falando: "Whats up, sis?" - minha mãe já riu muito quando contei que arrumei vários irmãos gringos.. kkkkkk. Pena que nenhum deles tenha casa, do contrário facilitaria pra quando quisesse voltar.

Já que estava por ali, segui até o final da rua. Meu destino? Union Square!!

A Eddy St terminou no Hallidie Plaza.

Subi então até a Union Square onde comprei outro city tour (pensando na metade cheia do copo) e rumei à cruzar SFO novamente.

Aquário no Pier 39

Academia de Ciências da Califórnia

Ponte Golden Gate


Portão de entrada de Chinatown

Passei por todos os pontos turísticos de novo, a única diferença desta vez foi que cruzei a Golden Gate, mas não cheguei a Sausalito.

trajeto do bus
Back to Union Square fui então passear na Macy's em busca da única coisa que queria comprar: calça jeans.

Comprei umas coisisnhas exceto o bendito jeans, já que não consegui achar o tamanho certo; o 16 ficava apertado, o 18, um saco de batata, cadê a bosta do 17, como comprei em NYC???

Rodei os oito andares da macys e logo fui embora.

Hora da descansar e tentar planejar o dia seguinte.

São francisco - dia 3

Sete da noite e estou de volta a bela e agradável são francisco.

Sou recebida com um frio horrível, mas tudo bem, me sinto melhor só de estar aqui, o que também significa que falta pouco pra voltar pra casa.

Peguei um taxi até o albergue, e o motorista parecia saído de um filme de rappers. Kkkkkkk. Ao nos aproximarmos do albergue, ele perguntou se era a primeira vez em são francisco, e eu respondi que sim. Ele então começou a me falar por onde não andar principalmente à noite.

Chegando no albergue, fiquei surpresa, ganhei um mapa com uma área delimitada de onde não perambular. Pensei: "oh meu pai, onde vim parar?".

Subi pro quarto e lá havia apenas uma menina (sim, não fico em quartos mistos, e foi a última viagem que fico em quarto coletivo), e para minha completa surpresa, o banheiro fica no quarto; ai que beleza!!

Tranquei minhas coisas e fui dormir.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Santa Mônica x são francisco

Se nas noites anteriores eu já não estava dormindo direito, esta então foi uma porcaria.eu acordava literalmente de hora em hora. De 23h59 até 05h19.

Às cinco eu desisti, porque se voltasse a dormir seria minha perdição, certamente ia perder a hora do trem.

Minha passagem era para as dez e meia, mas eu queria chegar cedo para ver se conseguis trocar por um mais rápido, ou menos demorado.

Tudo pronto, desci, pedi para chamarem um táxi - depois de tudo, eu é que não ia ficar às cinco da manhã sozinha no ponto e ônibus, mas nao mesmo.

Peguei o taxi, cheguei na estação e a senhora em cobrou dez dólares para trocar pelo ônibus das 7h35.

Resolvi então sentar e ligar para minha mãe, foi quando me dei conta de que meu tablet não estava comigo, e se não estava significa que ficara no albergue.

E cadê que tinha um telefone publico na estação????

Felizmente achei umas pessoas boas e liguei pro albergue pedindo para guardar.

Resultado, voltei pro albergue, e de novo para a Union Station, sendo que perdi meu ônibus, gastei mais dinheiro, mas felizmente consegui trocar a passagem e peguei o bus de 10h45.

Agora estou no trem que peguei em Bakersfield rumo à Emeryille, pra depois pegar outro ônibus até são francisco.

E cadê a quinta-feira que não chega?

Santa Mônica/LA - dia 3

Mais um dia que "acordo" cedo...

Sábado, sete da matina, o que fazer? Nada!! A vida em santa Mônica começa tarde demais.

Vou então conhecer Venice beach e depois vou as compras.

Peguei o BBB (big blue bus) e fui pra Venice.

Desculpem a expressão, mas pqp, oh lugarzinho HORROROSO!

Meus queridos leitores, se não querem ver, hippies, maconheiros, pixachoes, skatistas e vários vagabundos, fuja de Venice.

Nao tenho fotos pra provar o que falo, já que o medo de tirar o tablet da bolsa para fotografar era gigantesco.

Pra terem uma idéia: imagine que você possua uma câmera DSLR (essas que chamam de profissionais), você tiraria ela da bolsa, para fotografar a região do santo Cristo, no Rio? Eu não!

Se já foi na central do brasil domingo de manhã, sabe do que to falando.

Corri de volta pra pegar o ônibus, mas tive que esperar quase uma hora pelo próximo. Destino? Crenshaw.

Levanta a mão quem já viu aqueles filmes de negros que se passa nos guetos de nyc? \o/

Esta é crenshaw, lar dos negros de los angeles.

Pra começar, o ônibus 733, é um parador de marca maior; Desci na santa Mônica blv com crenshaw blv, número 1700, eu só tinha que ir até o 4101. Pertinho né?

Peguei então um outro ônibus até meu destino final: walmart!

Sim, caros leitores, andei quase duas horas para ir ao mercado.

Se antes já nao gostava de supermercado, depois de conhecer o walmart passei a detestar. Oh lugar grande! Minha mãe ia adorar, preciso levá-lá. Hahahahahahah

Melhor parte de tudo? O celular só vendia em plano mensal, e não tinham o que mais procurava. Legal não?

Comprei umas bobagens, e parei para almoçar, digo, tomar um yogo.

** O yogo custava 45 centavos por sei lá quantas onças, já que os americanos nao usam o sistema métrico para as medidas. Meu yogo, ficou em 4 dólares, sem topping.

Andei mais um pouquinho pelo shops e depois fui tratar de pegar o bus até a Sta. Mônica blv e depois rumo a Union Station.

É amigos, tinha que comprar a passagem para o sofrimento, digo, pro trem, a fim de voltar para San francisco.

Passagem comprada, vamos parador.

Duas horas e meia depois, cheguei ao albergue.

Agora era hora de acertar a mochila, afinal, tava chegando a hora de ir embora.

Mas, antes de ir, ainda tinha todo o domingo. E o que eu ir fazer?

Vou pra warner...

Santa Mônica/LA - dia 2

Mais uma noite sem dormir direito, to morta de cansaço, meu corpo já não tá suportando mais.

Cinco e meia, vou dormir de novo. Seis e meia, putz, o que vou fazer?

Me arrumo, desço, tomo café e o que fazer hoje? Bem, meu passe tem validade de vinte e quatro horas, então o jeito era voltar ora hollywood, gastar os outros itens e voltar até cinco e vinte para santa Mônica, assim não teria que pagar um ônibus.

Fiz isso!

Chegando lá, liguei pra mammys e mostrei a calçada da fama e a hollywood blv pra ela. Tecnologia é tudo. Kkkkk

Depois fiz uma horinha e fui para o hollywood behind the scenes. O tour nao tem nada de extraordinário, mas eu duvido que CS, tenha visto o guia abaixo. Hahahahahaha

Neste tour o guia explicou sobre o teatro egípcio, como a industria de filmes começou naquela região, o significado dos símbolos das estrelas da calçada da fama, teatro chinês, o dolby teathre, a troca do nome no letreiro de hollyweed até virar hollywood, a história de alguns astros antigos como marilyn monroe.






Fim do expediente, hora de voltar pro albergue.

Santa Mônica/LA - dia 1

Aa primeira noite foi horrível, não dormi direito, várias pessoas conversando, barulho do lado de fora do quarto...

Seis da manhã, acho que já dá pra levantar... (Sorry, mas anda nao decidi se detalho toda a minha manhã).

Sai e fui catar um local com internet pra falar com minha mãe... Depois de um tempo falando com ela, e com uma amigo, decidi colocar a falta de ânimo de lado e fui conhecer o píer.

Andei por ali, ainda sem nenhuma idéia do que fazer, avistei um guiche do city sigthseeing e fui até comprar meu ticket.

Ao invés de comprar o ticket do bus, que custa 44 dólares, comprei o city pass que custa 59 e inclui o bus, museu de cera, walking tour e mais uma atracão.

Só o museu de cera com o bus, custaria 69 dólares, então já foi uma boa economia.

Existe um tal de Go LA card, mas não achei onde vendia e como disse não tinha animação pra nada.

Comecei meu tour por volta de meio dia e fui até seis da noite, quando partia o ultimo ônibus para santa Mônica.

Só desci do ônibus em hollywood, pois tinha que trocar meu voucher pelo city pass. Aproveitei para ver o teatro chinês, museu de cera, dolby theathre, calcada da fama e o letreiro.

Beverly hills com sua rodeo drive, west hollywood, century city, westwood e outros, conheci apenas de dentro do ônibus.



San francisco x Santa Mônica

A viagem de trem foi pra lá de longa - nunca acreditem quando disserem que o trem é direto.

Pra começar, o trem é gigante, com seus dois andares e sei lá quantos carros acoplados, logo, se torna pesado demais para andar rápido.

Outro ponto negativo é que o puto para em várias cidades (isso porque era direto).

Sai de San francisco rumo à Oakland às 7h45min, peguei o trem às 8h35min, mas só cheguei em los angeles às 21h.

Ao chegar, fui procurar de onde saiam os ônibus, afinal, tinha que pegar o 33 rumo à santa Mônica.

Encontrado o lugar - uma espécie de praça com seis baias diferentes -, tratei de ficar no ponto do bus. Até então nenhum problema, tirando o fato de ser tarde e estar deserto...

Depois de um tempo no ponto, notei que ao lado no número tinha o horário em que o onibus circulava, que para alimentar a lei de Murphy (ai como eu odeio ele), o ônibus só circula entre meia noite e quatro da tarde. Rá! Me dei mal!

Nao tinha jeito, a maneira de resolver a falta do bus era cruzar tooooda a Union Station e pegar um taxi.

Lá fui eu, com minha humilde mochila, uma mochila menor que pra me sacanear não quis fixar na maior e minha bolsinha.

Peguei o taxi - que errou a saída da freeway - e cheguei no albergue por volta de dez horas.

Check-in feito (cama de cima again) bora pro quarto.

Como o maldito albergue estava sem internet, o jeito foi mandar um SMS pra minha mãe e avisar que tinha chegado bem.

Agora é dormir pra circular pela cidade dos anjos.

Santa Mônica/LA - dia 4

Porque uma pessoa que está hospedada em santa Mônica, comprar um tour para as 10h da manhã? É gostar muito de sofrer.

Okay! O tour já tava comprado, o jeito era acordar cedo (como se eu tivesse dormido), e sair rumo ao outro lado da cidade.

Para terem uma noção da situação, segue a fotinho com simples trajeto.


Tirando o fato das baldeações, foi fácil chegar.

O tour dura cerca de duas horas e custa 48 dólares, mas querem uma sugestão? Vá durante a semana, pois terão mais possibilidades de verem os astros.

Como os seriados que gosto não são filmados lá, não foi traumático pra mim. Hehehehe.

Tive oportunidade de conhecer os sets de the big bang theory, da Ellen, friends, ver alguns carros que foram usados em filmes, como harry potter e batman.

Também fui ao museu da warner, onde há rascunhos dos desenhos e figurinos de vários filmes, sendo o segundo andar todo reservado para os filmes de harry potter.

A warner "cede" seu estúdio para outros estúdios filmarem seus filmes ou seriados, como dexter, true blood e alguns filmes da Disney.

Fim do tour, hora de pegar todos os ônibus de novo. :(

Se você pega o 4 para ir, qual o bus que pegará para voltar?
Sim, o 704. Kkkkkkk

Peguei o 4 e depois de alguns pontos, um carinha perguntou para a motorista se ela ia para santa Mônica, e ela disse que não. Convidou a todos que iam par santa Mônica, descer do ônibus e pegar o que estava parado à frente: o 704!

Tava bom demais para ser verdade...

Depois de chegar ao meu destino, fui caminhar pela Third Promenade.

A 3rd Street de santa Mônica é uma espécie de calçadão, várias lojas, restaurantes, cinema...


Como à noite faz bastante frio, os restaurantes possuem um aquecedor perto das mesas, fazendo com que as pessoas possam aproveitar seu dinner.

Andei um pouco, tentei comprar um novo carregador pro celular, sem sucesso, e voltei pro albergue.

Meu corpo inteiro dói, meus pés estão doloridos e estou ficando gripada. Ô beleza!

sexta-feira, 12 de abril de 2013

This is hollywood, baby!!!

Juro que farei um post sobre a chegada em santa Mônica e como foram esses dois dias.

Santa Mônica é encantadora com suas ruas largas, casas baixas e suas imensas palmeiras. E isso continua por beverly hills, e muda ao chegar em LA.

Vou reclamar no procon porque até agora eu não vi nenhuma celebridade - também só fiquei no ônibus.

Em dois dias, conheci o pier de santa Mônica, hollywood, beverly hills.

E finalmente,o post terá fotos.









quinta-feira, 11 de abril de 2013

Um aniversario diferente!

Em 29 anos, somente uma vez não passei meu aniversario com minha mãe; só nesta única vez não teve nenhuma comemoração, e mais uma vez nao terá nada.

Ao dia dez e de abril de mil novecentos e oitenta e quatro às onze horas e quarenta e cinco minutos, nascia a pessoa que vos escreve. Sim, euzinha aqui. Hehehehehe.

Como alguns diriam, estou ficando velha, chegando mais perto dos trinta. Eu prefiro olhar de outra maneira: vinte e nove anos que vivi. Passando por poucas e boas, tendo bons e falsos amigos; trabalhando ou desempregada; sozinha sim, solitária nunca!

Love me or hate me!

Falei que este ano ia me dar um bom presente, que não ia fazer festa, almoço ou qualquer comemoração, para isso, primeiro passo estar longe do trabalho.

Fácil! Pedi férias!

E de repente, meu presente virou uma viagem!!

E cá estou, 10-4-84, meu niver começa em San Francisco, e neste dado momento em que escrevo, sentadinha de pernas pra cima, no trem, estou próximo a San Ardo.

Ontem comprei um cupcake de Chocolate Ghirardelli, na Kara's Cupcakes - bom demais -, e quando era meia noite no Brasil, liguei pra minha mãe, afinal, a distancia não poderia impedir de que ela fosse a primeira a me dar parabéns.

Ela cantou parabéns e eu comi o cupcake. Vocês podem ver a prova do crime no post de feliz aniversário!

Para eu comemorar hoje, comprei um pedaço de bolo e café, e comi no trem.

Agora é sentar e relaxar, a viagem para LA será longa!!!










San Francisco - dia 2, a missão!

Acordo vejo tudo um breu e penso, posso dormir mais, tá cedo ainda. Que nada! Já eram 6h23min, hora de tomar banho, ligar pra mammys, comer e cair na estrada. Acho que não foi nesta ordem, mas tudo bem.

Americano é um povo que come muito bem no café-da-manhã. Kkkkkk. O café estava incluído na diária, tinha um cartão que me dava direito a uma fruta, um bagel ou dois waffles e bebida à vontade.

Show! Banana, café, e bagel - uma rosquinha tamanho grande.

Legal, não tenho guia, sou péssima com roteiros, o que vou fazer então? Tirar a foto da Golden Gate direito :D

Desci pelo mesmo caminho do dia anterior, tirei as fotos e segui adiante. Destino? Píer 39!

Fiz uma parada para fotografar os cables car, o bondinhos são fofos! Uma pena que o de Sant Teresa não foi tão bem cuidado assim! :(

Lembrei que poderia comprar o city pass, e assim obter a programação do dia.

Esperei uns quinze minutos, e peguei o bonde rumo a Powell-Mason.

A viagem em si é simples, mas é uma maneira de conhecer a cidade e principalmente a Lombard Street, com suas ladeiras. Sério, não rola de andar a pé naquela rua!

Desci na ultima parada do bonde, Mason Street. Segui pela Market até o Ferry Bulding, precisava ir lá para descobrir como chegar até LA.

A Market como o próprio nome diz, é uma rua para compras, com suas lojas de grifes famosas (e caras). Continuei andando feliz e com frio - nunca gostei tanto de sol. Kkkkkk

Chegando a Ferry Building, fui conhecer o mercado, afinal, no sábado tinha assistido chefe vs city e eles estiveram lá provando queijo (eu passo!) e azeite.

O mercado é bonito, todo organizado, vi a lojinhas dos queijos e passei direto. Hahahahah. Voltei e fui para o outro lado, e vi a loja dos azeites.

Provei dois: blog Orange e Lemon. O segundo é muito gostoso. Comprarei na volta.

Saindo do prédio, vi a cabine da Amtrak, e fui até lá pra saber do horário do trem. Sim, trem! Não vou dirigir sei lá quantas horas sozinha. Fica pra próxima.

Passagem comprada, era só descobrir como ir do albergue até lá de modo que eu pegue o busão pra Oakland às 07h45min. Vejo isso à noite.

Ferry building fica no píer 1, e minha missão era ir para o 39. Rá, vou andar pra caramba!

Uma conferida básica no mapa pra saber o quanto ia sofrer, digo, andar. Issoooo, consegui um mapa da Bay Area for free.

Que bom que eles nao sabem contar. Em geral são numerados com números impares e nao seguem uma ordem precisa, depois do 11 vem o 13-15 e assim vai. Fiquei até mais tranqüila.

Durante o caminho vi a Coit Tower, e decidi que iria lá depois de conhecer o píer.

Continuei andando e finalmente cheguei no píer, foi aí que lembrei que o city pass dava direito ao Bay cruise. Se tenho direito (e está pago, pq nao aproveitar).

Perguntei onde trocar o voucher e fui até o guichê. Tudo bem até então, e ainda tinha uma hora e meia para almoçar. Voltei para o pier 39 e fui caçar um lugar pra comer.

Pense comigo, você esta em uma área litorânea, onde a especialidade são frutos do mar. O que você escolheria para comer? Peixe, claro! Já tive uma boa experiência com frutos do mar.

Fui até o hook & cook (primeiro andar do píer) e adivinhem o que tinha para o rango, Fish and Chips! Haahuahuahauahua.

Comida britânica em plena Califórnia, mas era isso mesmo que ia comer. E putz, tava bom demais.

Tirar o cheirinho do peixe das mãos e encarar a fila, no sol durante meia hora. Os braços estão bronzeados. Kkkk

Hora de partir!!!

O barco saiu em direção a Golden Gate, passando por Fishermans Wharf, Ghirardelli, Fort Mason e pela marina.

Passamos por debaixo da ponte e voltamos em direção a The Rock.

O barco circulou Alcatraz explicando a arquitetura da ilha e seus famosos criminoso. Ta bom, né? Não vou pagar pra visitar uma prisão. Fala sério!

De volta ao píer, decidi pegar o busão do city tour. Com várias opções, é claro que a Rafaela tinha de escolher a que nao atravessa a ponte.

Tranquilo, dei um giro pela cidade e decidi descer em Washington Square, pois ficava mais perto da Coit Tower.

Parada pra foto da igreja de São Pedro e São Paulo, e vamos subir, mas por aonde?

Decidi ir pela Lombard, pagando minha língua, oh ruazinha inclinada.

Sobe, sobe, sobe, escada, mais escada, um lance mais e enfim o estacionamento com sua bela vista.

Pra quem nao estiver afim de gastar, pode ficar por ali mesmo, ou pagar os sete dólares e subir na torre, que para minha feliciade, a escada estava fechada e só tinha o elevador. Fiquei tão triste. Kkkkk

Okay, a torre em si nao tem nada demais, além do seu formato ser uma mangueira dos bombeiros, dentro nao tem absolutamente nada! Subir nela é apenas para apreciar a bacia de são francisco.

Hora de descer. Perae, andar tudo aquilo? Mas nao mesmo. Eram cinco da tarde e estava morta de cansada, com fome e ainda tinha que andar. Fiquei e esperei o bus.

O 39 faz Fishermans Wharf x Coit Tower, pra quem quiser ir sem se cansar. Custa dois dólares a passagem ou é gratuito par quem tem o city pass - meu caso.

Desci feliz, rumo a descolar a janta e ir dormir, mas antes tinha uma missão: comprar um cupcake pro meu niver.

Fui então para a Ghirardelli, onde desta vez parei com calma para comprar chocolate e provar o sorvete mais famoso do mundo (como eles dizem).

Ao entrar na loja, você é recebido como uma amostra. A loja tem chocolate em barras, bolinhas, caixas, bombons e por ai vai. Não são baratos, mas pegue o Bay area guide gratuitamente perto do cable car e disfrute de 10% de desconto na loja ou $1 de desconto em qualquer sorvete.

Comprei um vanilla in a sugar scoone (casquinha de baunilha). O sorvete é bem gostoso, mas nao comprem essa casquinha, ela nao tem nada de açúcar, era levemente salgada; horrível, nem comi.

A bola de sorvete vem na casquinha, e esta vem apoiada em uma travessa. Sim, o raio do sorvete vem deitado em uma tigela. Hein!?!?!

Voltei pro albergue e fui arrumar minha mala, afinal teria que sair cedo.

Trip Advisor

  1. Fortaleza, Brazil