sábado, 16 de setembro de 2017

Toronto - Dia 4

Terça-feira, primeiro dia de aula, vou comer meu pão - lembram que eu falei que eu só tinha pão?! 

Esqueci de mencionar no post anterior, que estou gripada, muito gripada. Com uma tosse irritante, desde domingo.

Achei que daria tempo, então fui até Starbucks, comprei um café e fui pra escola. Resultado: cheguei cinco minutos atrasada, então engoli o café e fui pra aula.

Medhi é o meu professor, iraniano, ou seja, o sotaque não irá facilitar, mas vamos que vamos. Ele me conta que tem uma Colombians e mais duas brasileiras na classe, uma turma extremamente avançada. A aula foi de nove até 12h15, e foi pura conversação.

Ao fim da aula paramos para almoçar, e retornamos às 13h00. Fui então para minha classe de vocabulário. Confesso que eu detestei essa turma!!!

Três meninas da classe, ficavam brincando como se tivesse no jardim de infância, passando o bilhete uma para outra. Cadê atenção?!

O Lucas, que conheci no dia anterior, ainda tinha mais uma aula, então decidi esperar-lo. 

Saímos da TLG,  rumo a union station.

Levei o Lucas pra conhecer a prefeitura antiga e a nova, depois terminamos de descer até a praça onde fica o aquário a torre e o estádio de beisebol. Já eram 4h00 da tarde, Lucas decidiu então voltar pra casa. No início achei muito chato voltar cedo pra casa, mas quando sentei no metrô, meu pé e meu joelho agradeceram.

Cheguei em casa, liguei pra minha mãe, até que percebi que Geórgia havia chegado em casa e ia fazer a janta.

Desliguei o FaceTime e subi. Fiquei conversando com ela e aproveitando é claro, pra treinar o inglês.

O prato do dia era macarrão com frango aos quatro queijos, pro meu total pavor!

Como ela é uma pessoa bacana, falei que não como queijo e ela fez legumes pra mim.

Eis a janta:

Depois assistimos HUSH, na Netflix e ao término do filme, fui conversar com mammys e depois dormi!





--
Rafaela

Trip Advisor

  1. Fortaleza, Brazil